O perfil das redes e mídias sociais no Brasil

Posted on 04/06/2010

2



Quando se fala em rede social, os brasileiros são figura certa. Além de termos fama de receptivos, quando o assunto é interação na internet também somos campeões. Além das redes mais populares como Orkut, Twitter e Facebook, o brasileiro adora se reunir em serviços de nicho, como o Linkedin, Ning e derivados.

Um infográfico feito pela Revista Época, mostra com detalhes as redes sociais que mais crescem, estão estagnadas ou em declínio no Brasil. Com dados do Ibope/NetRatings,YouTube, Facebook e FourSquare são algumas das que mais crescem. Orkut e MSN já são redes consolidadas (como era de se esperar). Twitter, Ning, Formspring e companhia já tiveram seus picos de crescimento, mas hoje estão estagnadas. Quando se fala em decadência, o Sonico e o MySpace já tiveram tempos melhores, mas hoje estão perdendo usuários e movimentação de contas.

Segundo a pesquisa, o brasileiro tem em média 365 amigos em redes sociais, 80% do total de internautas do país tem perfil em algum serviço, 72% dos usuários de internet estão no Orkut e 76% de todas as pessoas que acessam a web no Brasil usam o MSN.

Para visualizar o gráfico em tamanho maior, clique na imagem a seguir:Redes sociais são uma febre não só Brasil, mas no mundo inteiro. No entanto, o que chama a atenção, é a grande aderência do brasileiro a elas. Além de reunir amigos e conhecidos, as redes sociais podem auxiliá-lo em outras ocasiões, seja na busca de um emprego no Linkedin, por exemplo, ou no debate de assuntos de seu interesse no Ning.

O que mais chama a atenção é que cada rede tem seu perfil de usuários e como a vemos na internet. O Twitter, por exemplo, se caracteriza como uma rede altamente dinâmica, onde os usuários interagem mais do que no YouTube, onde a maioria das pessoas apenas consome as informações.

Fonte: Época

Posted in: Internet, Tendências